quarta-feira, 16 de julho de 2008

Tem que participar

Férias das meninas. Priminho em casa. Vamos arranjar o que fazer, né? Aí tive uma idéia genial: Simba Safári ! Primeiro, que não é mais Simba, agora virou Zôo Safári. Segundo, que a idéia não foi tão genial, assim. Porque aquele negócio de 'não basta ser mãe, tem que participar', às vezes é um pouco complicado para mim... Bom, fomos para lá. A ida estava programada para às 10h, chegamos às 13h. Tudo bem. Sem stress. Atendimento simpático. Sem filas. E, agora, podemos comprar comidinha, oficial, com logo do Zôo, para dar para os bichinhos. Achei uma idéia bem legal. Na hora. Depois, já não achei muito, não.

Primeira parada: as emas. Pescoção. Enorme. O Gabriel ficou animadésimo. Chamou as emas. Eu meio desconfiada. Aí, veio uma. Ele ofereceu a comidinha. Ela gostou. As meninas meio acanhadas. E eu incentivando:
-'Pode dar, meninas. Não tem problema. Olha, que fofa...', eu incentivando e torcendo para que nenhuma viesse pro meu vidro.
E elas, medrosas (tipo eu, né ?), nada. O Gabriel só faltava sair do carro. Contrastes. Andamos mais um pouquinho. Vieram os Emus (acho que é isso). Tipo primos das emas. Todos simpáticos, vindo pro carro. As meninas retraídas. O Gabriel conversando com os bichos, pedindo para eles comerem mais. Eu, animadíssima:
-'Vamos, meninas. Eles não fazem nada. Só lambem a comidinha', falei com convicção
E o Gabriel, feliz, me ajudando:
-'Tia, olha a minha mão. Tá toda babada! Que legal!'
-'Super legal, meninas!!!!' , confirmei
Um refresco. Ala dos macacos. Fechar os vidros. Grudar com fita adesiva. Nada de alimentos. Todos se coçando.
E vieram os cervos. Foooofooos. Tido desenho da Disney. Um monte. Alguns se aproximaram.
-'Vai, Cami. Dá comidinha. Pode dar. Não precisa ter medo!', eu falei
-'Tá. Vou tentar, mãe. Vem Bambi, vem', ela tentou
Na hora H, ela tirou a mão. A Sabrina, nem tentou. Resolvi não forçar, mas dar o exemplo.
-'Olha, meninas. Vou dar para eles. Vem, Bambi, vem', abri a mão com a comidinha e fechei os olhos.
-'Slept (ou algo assim)', fez o Bambi
-'Que nojo!!!', eu pensei
-'Viu, Cami ? Viu, Sá ? Que legal ! Não acontece nada. Não precisa ter medo !', eu falei.
-'Só precisa ter um lenço úmido.Que nojo!', pensei olhando minha mão toda babada.
Daí, a Camila se animou e conseguiu dar comida para o Bambi. Viu ? Tem que participar!
Marido, da próxima vez, você vai também ? Promete ?

1 comentários:

Alessandro terça-feira, 22 julho, 2008  

Legal que você levou as crianças no nosso antigo Simba Safari...Lembro quando fomos lá pequenos...O pai, a mãe, eu e você (a Tati ainda não havia sido comprada!!)..O Gabriel voltou entusiasmado, contando cada detalhe...Super preocupado com um potinho da ração que sobrou, se o Jabuti dele comeria, ou os peixes, ou a Nina...Quase comi para ele parar de tentar achar candidatos....Ele adora os bichos...Teve a quem puxar...Agora fico imaginado sua cara tomando umas lambidas do pequeno veadinho...Lembro de várias histórias de sua incompatibilidade com animaia: quando levei uma rã para dentro de casa em Recife, ou quando apaguei a luz da sala em SP na hora em que você e a Simone pediram socorro porque uma barata voadora entrara no apartamento (Há!! HÁ)...Estou rindo agora...Foi ótimo..Levei uns puxões de orelha do pai, mas valeu a pena....E o Gabriel uma vez apareceu com um besouro num aniversario das meninas (acho que de 6 anos) e você quase teve um treco..Que evolução!! Alimentando os bichinhos?! O que não fazemos pelas crianças....

  © Blogger template 'Perfection' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP